terça-feira, 27 de outubro de 2015

RESGATE DOS VALORES

Olá Pessoal,
hoje quero Apresentar um tema pertinente abordado em um fórum como trabalho científico e filosófico

 O presente trabalho foi extraído de um site e pela sua organização e explicação decidi partilhar e dar o meu pequeno contributo, visto que vai de encontro ao tema central da nossa primeira palestra (em Novembro).

RESGATE DOS VALORES CÍVICOS E MORAIS EM ANGOLA
  
De uns tempos para cá, a questão dos valores morais e cívicos, bem como o seu resgate a nível da nossa sociedade, têm sido pertinentes tudo pelo facto de a cada dia parece que as coisas caminham para o declínio e quase ninguém é dono das suas atitudes. As famílias estão cada vez mais desunidas, com os líderes super ocupados, o que causa na camada de base alguma carência educacional e acompanhamento das suas actividades diárias, bem como a sua evolução como pessoas dentro da sociedade. Desviando-se daquilo que deles se espera a cada dia que passa e apressando as etapas da vida por meio de excessos, vão se perdendo no tempo e no espaço.

Dentro desta abordagem retractam-se três aspectos fundamentais e que requerem compreensão e atenção de todos. A ética, a moral e a posição da família dentro deste círculo são aqui retratadas pelo autor, de uma forma simples mas muito explicativa.
Aqui vamos…
A ética
O termo éticas deriva do grego ethos (carácter, modo de ser de uma pessoa). Ética é o nome geralmente dado ao ramo da filosofia dedicado aos assuntos morais.
A ética pode ser definida como a ciência que estuda a conduta humana, e a moral é a qualidade desta conduta, quando se julga do ponto de vista do Bem e do Mal.

A ética serve para que haja um equilíbrio e bom funcionamento social, possibilitando que ninguém saia prejudicado. Neste sentido, a ética, embora não possa ser confundida com as leis, está relacionada com o sentimento de justiça social, pois com muita frequência a lei tem como base princípios éticos.
A ética é construída por uma sociedade com base nos valores históricos e culturais. Do ponto de vista da Filosofia, a Ética é uma ciência que estuda os valores e princípios morais de uma sociedade e seus grupos.
Cada sociedade e cada grupo possuem seus próprios códigos de ética.

A moral
A problemática da moral na nossa sociedade não encontra solução fora da educação, do meio social e da família. Por isso, faremos alguma abordagem sobre o papel deste incontornável triângulo. Um facto é certo: à virtude, chega-se com muita fadiga, mas ao vício escorrega-se com muita facilidade e agilidade. É preciso, por conseguinte, estarmos atentos para não fazermos dos vícios uma cultura. Tal como a cultura, a moral não é um acontecimento espontâneo, instintivo, inato ou automático; ela requer uma aprendizagem, uma educação e, por conseguinte, exige, quer do indivíduo singular, quer da sociedade, um esforço árduo, sacrifícios e um empenho constante." Aí justamente reside o papel preponderante da educação, da escola em exercitar a mente das crianças e dos jovens na direcção certa.
 
A moral é também chamada a "uma contínua auto-superação, a um contínuo abrir-se àquilo que ela não é, porque ela não se esgota em si mesma"." Ela deve adaptar-se e responder às novas exigências que a vida, a história e o ambiente impõem. Daí que quando um determinado modelo moral não corresponde mais aos anseios da sociedade, deve ser avaliado e melhorado, eliminando o que não serve, não presta, e simultaneamente injectar novos valores e ideias renovadores.

Na sociedade em geral
Nas nossas ruas registamos o atropelo cruel, e sem dó, dos mais elementares valores morais. Os jovens bebem de dia e de noite de forma irremediável. Com a bebida vem a prostituição e droga, e isto tudo combinado provoca a violência, agressões, pancadaria e toda a podridão que vemos no dia-a-dia. Esta é a realidade actual que vivemos. Daí vermos tanta coisa incrível que vai desde bebés nos contentores de lixo, a pais que engravidam as filhas, mães que enterram vivos seus filhos, filhos que matam os pais, pais que matam os filhos, rapazes e raparigas que se envolvem em drogas, adolescentes que engravidam precocemente, promiscuidade entre professores e alunas nas escolas, sem regras, etc.

IMPORTÂNCIA DO AMBIENTE FAMILIAR
Os adultos entre os quais, pais, tios e avôs, andam todos preocupados com o estado deprimente da actual situação moral da juventude. Mas, esquecem, ou ignoram, que são eles os principais responsáveis e culpados dessa situação, porque não criaram ambiente diferente de educação para os seus filhos, sobrinhos e netos, ou seja, não souberam educar de modo diferente. A geração posterior é resultado da atitude e acção da geração precedente. Há que assumir as culpas. Estragar ou destruir é fácil, mas construir leva sempre mais tempo. Se levamos tantos anos a destruir, levaremos muito mais a reconstruir e construir novos valores.
 
Padrões de educação em família
Alguns cientistas destacam três padrões de educação em família:
1º Padrão permissivo
2º Padrão autocrático
3º Padrão autocrático permissivo.
O padrão permissivo é aquele em que o pai não restringe as acções dos filhos, não elogia, deixa fazer o que o filho quiser fazer.
O padrão autocrático, em que o pai e um ditador. A voz do pai e de comando (o pai disse e só se pode fazer assim).
O padrão autocrático permissivo tem a reciprocidade entre os actos da criança e a autoridade do pai; os filhos que se criam neste regime são seguros, independentes, confiantes e auto-confiantes, etc.


CONCLUSÃO
Depois da pesquisa feita chegamos a conclusão de que importa ter em consideração que: "os pais e encarregados de educação devem encontrar tempo para o convívio com os filhos (por exemplo, tomar as refeições em família), criando oportunidades para exercer a autoridade parenta e assegurar uma educação assente nas boas práticas e no diálogo permanente. Assim o tema abordado foi de grande senso moral visto que até um certo ponto nos fez com que percebêssemos mais na matéria sobre os valores morais e cívicos em Angola.

Por : Navegante TV
Adaptado por: Emerson JC Lourenço AKA Daltton

Em:  http://lisboajoaquimnavegante.blogspot.com/2015/06/resgate-dos-valores-civicos-e-morais-em.html
Enviar um comentário

Pesquisar neste blogue