segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Atenção ao Tempo

Saudações pessoal,

espero que tenham passado bem o final de semana e aproveitado o seu precioso tempo para questões benéficas pois é disto que iremos abordar hoje de forma muito breve. O meu colega Honório tem algumas palavras para dos dizer. 

Fiquem com ele...

O TEMPO

Apesar que os estudiosos Matemáticos, Físicos e Filósofos, segundo a História não terem chegado a uma definição absoluta e definitiva do tempo, pessoalmente defino-o (tempo) como uma grandeza Continua, Absoluta e irreversível.


Para que, recomenda-se a todos ter a minuciosa atenção da extrema importância no Quotidiano de cada um... 

O tempo é inerente ao ser humano e na maioria das fracções quiçá em todas, é o factor de distinção entre o nosso passado, presente e futuro. Ele é percebido pelos nossos sentidos sobre tudo o da Visão e, é estabelecido via processos psicossomáticos "relacionados com as variáveis psicológicas", tornando assim o ser humano capaz de reconhecer e ordenar a ocorrência dos eventos.

É um recurso procurado escasso para todos, o que o torna muito procurado. Os mais lunáticos pensam até em manipula-lo por meio de máquinas que permitam viajar no passado ou espreitar o futuro.


O tempo surte efeito na vida de qualquer ser humano, sendo a escassez e a abundância do mesmo uma questão relativa em função das actividades e dinâmica da vida de cada um. Por exemplo 1 hora para nós pode ser pouco tempo e para o outro não!

Neste contexto importante salientar que cada segundo que passa é um milagre que jamais se repete. Foi pensando nisso que com a evolução do mesmo tempo o homem criou o relógio especificamente para medir o tempo.

É importante viver no seu tempo e agradecer a Deus por cada dia a mais na sua vida. Valorize o máximo o seu tempo e utilize-o de forma produtiva. Tenha sempre certeza de que não o desperdiçarás em brincadeiras e nem o esgotarás em excesso laboral. Faça a devida ponderação do mesmo. Respeite o descanso pois a vida reduz a cada hora perdida sem descansar. Como muitos dizem: Uma noite perdida é menos um ano de vida…

 Para finalizar concluo dizendo à todos para que fazem um uso racional do tempo aproveitando-o da melhor forma possível, visto que o mesmo não é um recurso renovável!



Por: Eng. Honório Sacuparica "A.K.A G1"

Adaptação: Emerson JC Lourenço AKA Daltton
Enviar um comentário

Pesquisar neste blogue