quinta-feira, 29 de outubro de 2015

O Primeiro passo

Olá pessoal,

Subscrevo para vocês de saúde incomodada (Facto pelo qual não escrevi ontem para o blogue).

Desta feita venho reatar o compromisso e irei falar para aqueles que têm muitos sonhos e projectos embarrados pela falta de coragem e dar o primeiro passo.

Aqui vamos..

O primeiro passo


É de salientar a força que tem o primeiro passo em qualquer investida que fizemos na nossa vida. O mais difícil de se dar, pois requer certeza e extrema confiança de que depois dele, nós ou os outros darão a sequência da investida com o rigor que se pretendeu a princípio.

Muitos projectos, muitas intervenções, muitas manifestações ou reivindicações ficam pela mala. Tudo pelo facto de não se saber como ou por onde começar.



Afinal de contas de que depende o primeiro passo?

A preparação e programação de um caminho trilhável e a posse de recursos que permitam desenvolver as actividades em um ritmo normal, são dos principais itens a se ter em conta antes de avançar para a marcha. Sejam os recursos materiais, financeiros, humanos ou intelectuais, devem ser vistos e revistos antes de se avançar.

Há quem consegue na inocência e por sorte sobrevive ao primeiro passo. Há quem fracassa por excesso de confiança e não preparação. Existem os que dão sequência aos passos de outros e com alguma distinção conseguem honrar o que foi feito a princípio.

A inocência da criança ao dar o primeiro passo...

Há os que por influência conseguem transmitir aos outros a confiança suficiente para acreditar que são capazes.

Mas no final de tudo, podemos resumir o algoritmo a preparação, programação, certeza e execução com posterior sequência.

Imagine e reflicta em torno do momento em que uma criança dá o seu primeiro passo...
Imagine o jogador de futebol que mesmo mal colocado acredita em si e faz um remate inesperado por todos e termina em golo...
Imagine na sala de aula o colega que tendo apenas uma ideia, reponde as questões feitas pelo professor por palavras suas em gesto de simples ousadia...
Pedro acreditou em Jesus e quase caminhou na água... Duvidou de si e ficou pelo primeiro passo.
Imagine tudo e mais um pouco e reflicta sobre os grandes primeiros passos em toda a história da humanidade..

Não existe a hora certa pois independentemente da certeza o fracasso é a primeira probabilidade.

Então para quê embarrar os seus sonhos na cabeça se podes correr o risco de realiza-los começando pela tentativa? ?

E se falhar? ?

Esta é apenas uma hipótese que não estava prevista ou não era esperada. E por outro lado há sempre formas de contornar começando pela revisão e seguindo de acertos ao que já se foi programado.


Lute pelo que queres e seja ousado o suficiente para cortar a faixa e lançar a primeira pedra.

termino com a frase daquele que muito me inspira e daria muito para conhece-lo pessoalmente...


Por: Emerson JC Lourenço AKA Daltton
Em: Reflexão Comportamental (Brevemente)
Enviar um comentário

Pesquisar neste blogue