segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Como uma criança

Saudações, queridos Leitores...
Amigos do conhecimento...

Primeiro dia da semana e, em gesto de recordação voltaremos a abordar sobre algumas questões que de certa forma fazem da infância uma época de ouro. O Meu amigo Delson Cortez mais uma vez irá expor algumas linhas do seu pensamento para a vossa apreciação e reflexão..

Como uma Criança



Lançar-se a vida e lambuzar-se como uma criança num prato de papa, sem preocupar-me se vão olhar mau ou interpretar mau, é o que precisamos?

Porque quando crianças vivemos livremente? 

Sem nos preocuparmos se os outros reparam se estamos sujos ou limpos, só queremos viver e ser nós mesmos!


Daí crescemos, e nos preocupamos mas com o que os outros vão pensar a nosso respeito, em vez de pensar se isto me fará ou não bem, tanta aparência, fazer pelos outros e viver pelos outros, sem ser e sem querer.

E tu aonde é que ficas, quando é que vais ter vontade de comer o teu prato favorito sem complexos, andar descalço e sentir a terra, brincar como uma criança e seres tu mesmo??

Chegar pra aquela pessoa que amas, e abrir o coração e dizer o que sentes, sem te preocupares com o que os outros vão pensar, parece muito egoísmo tudo isto neh?

É por isso que eu acho que as crianças são incríveis e mais corajosas. Pelo simples facto de agirem de forma ousada aspirando apenas a realização e sem pensar em eventuais constrangimentos, pois para si, tudo dará sempre certo e depende mais deles do que dos outros.


Não têm medo de dar os primeiros passos, independentemente do tamanho da queda e melhor são mais alegres, porque não vivem num futuro onde não estão.

E nem vivem num passado onde estiveram.
Limitam-se a ser elas, não precisam viver de aparências não deixam de fazer o que lhes dá prazer com receio de que não vai agradar alguém.

Apenas vivem com uma alegria contagiante, independentemente das condições financeiras dos pais da cor e por vezes da codificação física. No seu mundo não há economia, finanças nem problemas sociais. as suas emoções dependem de outros factores e raramente materiais pois as mesmas são criativas o suficiente para se virarem com o que estiver disponível.



Precisamos ser um pouco crianças para compreendermos melhor a vida e o mundo.



Por: 👑dc 27 - a.k.a special one
Adaptação: Emerson JC Lourenço AKA Daltton
Enviar um comentário

Pesquisar neste blogue