terça-feira, 22 de setembro de 2015

Equilíbrio da realidade

Olá amigos,

Semana de reflexão, e desta feita, trago para vocês mais uma vez o meu colega Delson Cortez para juntos falarmos um pouco sobre equilíbrio em algumas questões que garantem a realidade das coisas e a ordem que existe nos acontecimentos que decorrem na vida de cada um.

Então vamos nessa!!


Há instantes que sinceramente deviam ser imortalizados, como o momento que uma mulher dá a luz e vê pela primeira vez o filho, ou quando um pai vê o filho a dar os primeiros passos, ou ainda quando nos graduamos. Pela sua curta duração e ao mesmo tempo pela intensidade que nos marcam devido ao enorme peso sentimental que acarretam.

Mas a realidade é que a vida não é uma constante, e as coisas tendem a transformar-se naturalmente, por mas que desejamos que os momentos felizes sejam permanentes haverá sempre controvérsias, pelo simples facto de existirmos e sermos dependentes de um ser maior. 


Há sempre a quebra ou o fim da viagem por mais agradável que seja. Haverá sempre o acordar, por mais brilhante que seja o sonho. Sempre haverá o clarear e o despertar para as ocupações, por mais que a noite esteja a ser agradável. E numa relação sexual, por mais que haja prazer e sintonia entre os corpos, haverá o orgasmo e a cedência física bem como o descanso para o recomeço.


O melhor mesmo não é ser sempre feliz ou estar sempre para baixo, mas sim encontrar o equilíbrio entre ambas as situações, porque nunca e nunca serás cem porcento uma delas, porque as coisas tendem a declinar ou elevar-se quando menos esperamos. O que nos leva com alguma obrigação a aproveitar os bons momentos até ao limite.

Achar o equilíbrio entre o trabalhar e descansar, entre o subir e o descer, entre o que podes e o que não podes fazer e principalmente entre o orgulho e a humildade, faz de nós seres especiais, e não te esqueças. Com Fé atravessas o mundo e sem Fé nem atravessas uma estrada.


Tenha os pés assentes no chão e viva cada dia como se o amanhã não fosse chegar (literalmente falando). E que as ilusões não transcendam a realidade senão ainda acabas vivendo fora do teu tempo e muito distante do espaço real.

Por: Delson Cortez AKA 👑dc27_special one          

Adaptação: Emerson JC Lourenço AKA Daltton
Enviar um comentário

Pesquisar neste blogue