segunda-feira, 18 de abril de 2016

Mensagem para a juventude (O Despertar II)

Olá pessoal,

Esta mensagem é especial para os jovens na sua totalidade, para que possam reflectir sobre o estado actual do seu país e talvez começarem a trabalhar mais em prol daquilo que esperam vee implementado ao invés de esperar sempre que as coisas nos sejam colocadas a mão ou caiam de bandeja como é o desejo de muitos.

Leiam, interpretem, analisem e reflictam acima de tudo.

O Despertar II


Ainda sobre a forma como nós jovens temos levado a nossa vida hoje e como tal forma reflecte sobre a situação do país e a sua influência sobre o nosso futuro como pessoas, como profissionais ou como membros de uma sociedade melhor, coloquei-me a
Reflectir e formulei para nós algumas questões para que respondessemos interirormente a fim de saber até onde caminhamos e até aonde aina podemos caminhar neste nosso panorama social.

10 Questões Para Reflectir

1. E assim que terminar a formação académica que tanto nos custa e mais ainda para os bolsos dos nossos pais, o que faremos?

2. Como temos levado a nossa formação e até que ponto a mesma será útil para a garantia de um emprego e realização profissional/pessoal?

3. Será que todos temos prioridades de vivemos atrás das mesmas?

4. O que fizemos nós pela sociedade em que vivemos, a par do governo ou das pessoas como nós que diariamente criticamos?

5. Essa vida louca que levamos acima de tudo com as “house partys” e noitadas que só Deus sabe, acham que serão apenas elas úteis para o nosso crescimento como pessoas na sociedade?

6. A forma como utilizamos as redes socias... Será a mais adequada? Pois muitos definem como local para o despejo de tudo o que não é prestável nem produtivo. Será mesmo isso??

7. Este equipamento do imediatismo que nos é atribuído pelos mais velhos e que aos poucos vamos encarnando e nos acomodando, não está na hora de despir e pensar hoje para desenvolver a médio e a longo prazo a nossa comunidade?

8. Será que ainda sonhamos mesmo e temos esperança na mudança? Será que temos um projecto para as nossas vidas que reflicta para o crescimento do país?

9. Não estará na hora de nos capacitarmos com seriedade para assumir a pasta que nos será dada pelos mais velhos que negam-se a ceder pela nossa clara ingenuidade, falta de experiência, carácter e capacidade suficiente para abraçar isto como "a causa de todos"?? Precisamos mostrar aos “papoites” que estamos aqui prontos para sair do banco e agarrar as pastas...

10. Não acham que está mais do que na hora de deixarmos de pensar só em mutambas, as famosas ideias, roupas e acessórios, essa vida de luxúria que não nos pertence e passarmos a pensar neste país como tal??

Conselho

Vamos esquecer as questões partidárias, religiosas ou quaisquer elos que sirvam de separação e começamos a pensar no país como jovens angolanos em memória daqueles jovens que um dia se bateram para libertar o país da escravatura e aqueles que tudo fizeram e até hoje fazem em prol do desenvolvimento do país.


Unir-se e pensar para frente é a solução (no meu ver) para a resolução dos nossos problemas.

Vamos deixar de esperar e demostrar que somos realmente aqueles de quem se espera. Vamos começar de baixo para que a nossa caminhada seja assistida e reconhecida sem contestação.

Endereço esta mensagem a todo o jovem angolano que apesar dos pesares ainda luta e acredita em um futuro brilhante para a sua casa, a sua rua, o seu bairro, comuna, município, província e para este grande país que é de todos nós...

Por: JC Daltton
Em: Reflexão Comportamental

#NaZonaDeConforto
Enviar um comentário

Pesquisar neste blogue